• Doutora das bonecas e ajudante de Papai Noel

    {ser solidário nunca sai de moda} As bonecas estão entre os principais brinquedos pedidos pelas meninas para o Papai Noel, no Natal. E essa senhorinha aí da foto é, com certeza, uma das ajudantes do Papai Noel. Ela ajuda a realizar o desejo de muitas meninas carentes dando uma nova vida e destino a bonecas jogadas no lixo, esquecidas, abandonadas. Dona Luiza reforma as bonecas e depois de prontas ela entrega a meninas carentes. Eu a conhecia por telefone. Na verdade, foi a neta dela Roberta Pires, que me apresentou a ela quando postou o trabalho social da avó aqui mesmo no face. Achei a história super bacana e liguei para dona Luiza. De cara bateu aquela empatia. Conversamos, ela contou como começou a cuidar das bonecas abandonadas e marcamos uma entrevista para uma matéria que foi exibida na TV Subaé e na TV Bahia. Isso foi em setembro e até hoje ela diz que recebe ligações de pessoas para entregar bonecas e também para ajudar, de alguma forma, na realização do trabalho. Hoje, no Natal, fui conhecer dona Luiza e ganhei uma boneca de presente da ajudante do Papai Noel. Amei o meu presente e mais ainda conhecer de perto essa senhorinha tão linda e especial. Obrigada dona Luiza por fazer tantas meninas felizes, inclusive eu! ‪#‎énatal‬ ‪#‎historiasdesolidariedade‬ ‪#‎bonecas‬ ‪#‎presente

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Solidariedade, moda, natal, presentes

  • Sonhando Acordado

    Essa semana fui conferir a exposição “Sonhando acordado” – série fotográfica de Bob Wolfenson que registra o encontro de modelos, estilistas e personalidades ao longo de 20 anos de história da semana de moda. A mostra esta em cartaz até o dia 6 de dezembro no Shopping Boulevard Feira. Na verdade, a mostra esta bem no neio do caminho de quem passa pelo corredor do shopping e vale a pena dar uma paradinha e ver as fotos e histórias de pessoas do mundo da moda.

    Na Exposição você fica sabendo mais sobre as amizades e como foi o início da carreira de modelos, estilistas, jornalistas de moda. Fica sabendo, por exemplo, que foi uma campanha da marca Ricardo Almeida no início dos anos 2000 que projetou Paulo Zulu como o ícone de beleza masculina no Brasil e no mundo. As tops e apresentadoras Talytha Pugliesi e Mariana Weickert já levaram bronca por dançar “É o Tchan” na fila de modelos no backstage do desfile. O primeiro amigo da top gaúcha Carol Trentini em São Paulo foi o fotógrafo de moda Fábio Bartelt. A modelo e cantora Geanine Marques pisou numa passarela pela primeira vez em 94, o desfile era de Alexandre Herchcovitch e há mais de 20 anos o estilista encerra o desfile entrando de mãos dadas com a top. Além das informações, as fotos agora  também ganharam uma versão de livro arte.

    A exposição é promovida pela mmartan que também comemora os 30 anos  neste ano. A mostra  também vai ser levada para Bauru, Belo Horizonte, Salvador, Maceió, Belém, entre outras para compartilhar histórias com o público apaixonado por moda e decoração.

    Com a curadoria de Paulo Borges, criador do SPFW, o livro e a mostra reúnem tanbém, designers, modelos que posam ao lado de artistas, músicos, arquitetos, cenógrafos, maquiadores e stylists, em cenários de diferentes camas feitas pela mmartan que fazem alusão às conexões íntimas e criativas de inspiração, amizade, troca de ideias e estímulo que o São Paulo Fashion Week promove a cada edição. As personalidades representam ali o legado desses encontros. Em cada cena, a cama mmartan assume o sonho e se transforma em uma extensão do estilo das pessoas presentes.

    Entre os clicados estão Marina Dias, Isabeli Fontana, Paulo Zulu, Ronaldo Fraga, Ricardo Almeida, Costanza Pascolato, Christine Yufon, Dudu Bertholini, Carolina Gold, Pitty Taliani, Carol Trentini e Fábio Bartelt, além de Zé Pedro, Alex Atala, Jun Nakao, Duda Molinos.

    Serviço:

    Exposição “Sonhando Acordado” em Feira de Santana - Boulevard Shopping

    Data: 20/11 à 06/12

    Horários de funcionamento: das 10h às 22h (todos os dias)

    Com informações da agência Comunicativa

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Exposição, moda, cultura, arte,

  • Declare o seu amor

    Nos muros, em outdoor, através de bilhetinhos, cartas, e-mails, não importa: estamos na semana do Dia dos Namorados e é hora de se declarar para o seu amor (mas, vamos combinar que não vale se lembrar disso só nesse dia, ok?) Mas, se todo dia é dia de demostrar o amor prá quem é especial prá gente, é preciso também ter criatividade. Assim, separamos algumas dicas bacanas para você se declarar com estilo. Confira, inspire-se e ame, ame muito, no Dia dos Namorados e sempre!!   

    1 - Que tal gravar um CD com as músicas que embalam o romance de vocês e colocar a trilha sonora no carro para ir e voltar do jantar? 

    2 - Vale propor um programa inusitado, como uma viagem para um lugar que vocês sonham  faz tempo, uma festa, um espetáculo bacana. 

    3 - Uma super noite de amor...

    4 - Acordar com um café da manhã com todas aquelas delícias que vocês adoram é também uma forma de declarar o seu amor por ele ou ela.

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Frases, Criatividade, Amor, Dia dos Namorados, Love in the air

  • Os desenhos de Felipe Guga - Inspiração para o amor

    As ilustrações de Felipe Guga chamaram a minha atenção desde a primeira vez que as vi em uma página no Instagram. As frases e a simplicidade dos desenhos me transportam para a minha adolescência onde brinco dizendo que nunca saí completamente. Na semana que antecede o Dia dos Namorados vale a pena ler a entrevista que encontrei sobre o ilustrador no site O Globo.  Ele conta como começou a fazer as ilustrações, quando estava de coração partido. " Queria colocar no mundo um desenho ou uma frase que pudesse atingir outras pessoas e fazer vibrar, espalhando amor e luz.", disse. O plano agora é transformar as ilustrações em uma exposição. Confira a entrevista completa clicando aqui e inspire-se no amor!

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Arte, moda, cultura, tendência, Dia dos Namorados

  • O que aprendi com a mamãe

    Esta semana lancei uma série em homenagem as mães no Instagram/Facebook: o que aprendi com a minha mãe sobre a moda. A ideia era de mostrar depoimentos sobre o que aprendemos da moda com a nossa mãe, nossa principal fonte de inspiração. Eu, por exemplo, aprendi com minha mãe que a gente deve estar sempre preparada para qualquer ocasião e isso quer dizer que não é por que a roupa de baixo não aparece que devemos usar qualquer coisa. Esse aprendizado carrego sempre comigo. 

    A série teve a participação de amigas queridas da vida, da profissão e das redes sociais que divulgo agora, no Dia das Mães, aqui no Barbarella Moderna. Obrigada meninas e as respectivas mamães pela participação! Elas, nossas mães, são nossas principais fontes de inspiração na moda e na vida. Elas, são super! Elas são demais!

    Confira os depoimentos:

    Valma Silva - Jornalista - "Eu aprendi com minha mãe (Márcia) sobre moda que podemos e devemos usar batom vermelho. Em qualquer estação, a qualquer hora do dia, em qualquer ocasião. Batom vermelho é poder!

    Madalena de Jesus - Jornalista - " A minha mãe (Firmina) dizia a mesma coisa que a mãe de Rose! Mas o que de melhor aprendi com ela é que devemos estar com a roupa adequada para cada ocasião. Simples, pode ser. Inadequado, jamais!"

    Maura Sérgia - Jornalista - "Acredito que todas as mães têm uma dica importante sim. A minha, na sua simplicidade, não é vaidosa, mas, sempre ensinou basicamente o mesmo que a mãe de Madalena de Jesus. Por exemplo, quando era criança/adolescente, ela me ensinava que a roupa de ir à missa aos domingos não deveria ser a mesma de ir ao baile ou passear na praça no fim da tarde."

    Georgia Pitombo - Funcionaria Pública - "A minha mãe é uma figuraça, super criativa, tem um estilo próprio, super vaidosa...tem um caso dela que eu amo, já pegou uma cocha de cama de croché e fez uma saia chique de doer....Detesta comprar roupas prontas. Sempre manda fazer e ela que cria os próprios modelitos. Viva a Simone Pitombo!"

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Moda, inspiração. Dia das Mães, Ela disse, Amor

  • Vi na Net, amei e estou seguindo

    Um dos acessórios que mais curto são os turbantes. Tem tudo a ver com a moda, com a cultura do meu povo baiano, com arte, com história. É verdade que não uso tanto quanto gostaria. Confesso que, apesar de já ter participado de alguns cursos relâmpagos para aprender a amarrar os turbantes, não tenho habilidade para fazer bonito. Assim, a minha vontade acaba na minha caixinha cheia de tecidos e lenços que compro, mas não consigo usa-los como eu gostaria. Acho lindo e de um talento incrível que sabe usar bem os turbantes. Por isso, quando vi a página Turbante.se, no Facebook, me apaixonei e, claro, estou seguindo. Tem fotos incríveis de pessoas lindas usando turbante. Gente como as gêmeas da foto Suzana & Suzane Massena. Vai lá dá uma olhadinha. Você vai gostar, aposto! #ficaadica

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Por ai, Vi e amei, Cultura, moda

  • Minimalismo na literatura, na moda e na vida

    O jornalista Marcondes Araújo lançou, dia 19 de março, no Museu de Arte Contemprânea (MAC) o seu terceiro livro de ficção, "Minimalismo". O título, logo de cara, chamou a minha atenção já que a palavra também tem tudo a ver com a moda, com a literatura e com um estilo de vida cada vez mais adotado pelas pessoas em todo o mundo. 

    Sim, minimalismo também está na moda, especialmente por pessoas que buscam o que o dinheiro não pode comprar, como a  felicidade, o bem estar e a satifação. Se na literatura o minimalismo se caracteriza pela economia das palavras e as histórias são pedaços da vida, na moda não é diferente.

    A moda minimalista é representada por uma estética clean,onde, menos é mais. As peças, assim como as palavras na literatura, também falam por si e não é preciso ostentar muito para ser chic e fashion sendo minimalista. O estilo, mesmo tendo como principal referência o clássico,  também abre espaço para o fashionismo e para o esportivo com matérias primas sofisticadas e cortes precisos em alfaiataria perfeita.

    E, como eu disse antes, o que chamamos de tendência na moda cada vez mais tem sido adotado como um estilo de vida. Minimalismo também é pode viver melhor de forma mais simples. É viver com menos tendo mais. É ser mais consciente e viver com menos preocupações. E como na moda, não existe regra para ser ou ter um estilo minimalista, basta querer. 

    Confira no álbum de fotos alguns momento do lançamento do livro "Minimalismo" do Jornalista Marcondes Araújo.

    Confira o álbum de fotos »

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: Moda, cultura, literatura, por ai, lançamento, autógrafo, Minimalismo, atitude, estilo de vida

  • Mulheres que inspiram

    Elas estavam à frente do seu tempo, revolucionando comportamentos, transformando conceitos e quebrando parâmetros. São mulheres que marcaram a história e continuam inspirando gerações. Se você pudesse voltar ao passado, qual delas seria?

    Virginia Woolf

    Os romances, a prosa livre e a essência feminina na literatura. A escritora britânica Virginia Woolf testou várias técnicas e apresentou uma linguagem e ritmo que fugiam do padrão do século XX, revolucionando o estilo de narrativa na época. Ficou reconhecida por obras como Mrs. Dalloway e As Ondas, lançando em 1931. Além disso, em muitos textos levantou a questão dos direitos das mulheres e suas condições na sociedade.

    Coco Chanel

    Não é exagero dizer que ela transformou e ditou as tendências da moda em sua geração. Coco Chanel inovou completamente o figurino das mulheres, aliando conforto, modernidade e elegância em suas produções. O imortal pretinho básico, por exemplo, é um clássico que recebe inúmeras releituras até hoje, sendo peça indispensável no guarda-roupa feminino.

    Frida Kahlo

    Ela teve que amputar a perna, mas não seus sonhos e muito menos o talento que deu vida a obras únicas. Frida Kahlo é uma das pintoras mais importantes do século passado. O estilo considerado surrealista para a sociedade era denominado por ela apenas como sua “própria realidade”. Morreu em 1954, mas os protestos feministas dos anos 70 a consagraram como um símbolo da criatividade.

    Marilyn Monroe

    Linda, talentosa e com um sorriso estonteante. A sensualidade de Marilyn Monroe foi símbolo da beleza na cultura americana, enquanto seu brilho singular revolucionou Hollywood. Mas além do glamour e da aparência, a atriz colocou em cena questionamentos sobre o comportamento esperado da mulher e sua postura de independência, indo contra normas e convenções tanto no âmbito social quanto artístico.

    Madonna

    A pop star alcançou a fama e os holofotes por conta da disciplina, persistência e perfeccionismo. Madonna fez suas primeiras aulas de dança sem o apoio do pai, se mudou para Nova York com apenas 35 dólares e batalhou bastante até lançar o primeiro álbum. Hoje, é a diva do pop que alcançou o topo das paradas inúmeras vezes e conquistou prêmios importantes como o Grammy Awards. Ela tem mais de 30 anos de carreira e inspira dançarinos e cantores do mundo inteiro.

    Autor Priscila Silvério 

    Assuntos época história mulheres inspiradoras

    Publicado em 08.03.2015  - site https://www.westwing.com.br

    POR: Rose Leal
    CATEGORIA: Por aí - Cultura
    TAGS: moda, cultura, é tudo moda, mulheres, inspiração

sobre / rose leal
Perfil Rose Leal
Jornalista por formação e vocação Rose Leal é uma mulher inquieta, curiosa, questionadora. Uma aprendiz da vida. Urbana, adora a vida na cidade, mas não dispensa um bom passeio, não importa se para o campo ou para a praia. Defensora das calçadas livres para os pedestres e viciada em revistas de moda. Simples, mas nada básica. Sempre a mil, decidiu, há quase seis anos, colocar as opiniões e ideias sobre moda em um blog. Assim surgiu o Barbarella Moderna. O nome d... (+)
facebook / curta
instagram / siga-nos